Plin - Psicologia Infantojuvenil. Site especializado em conteúdo psicológico para crianças e adolescentes

Pais e filhos: entre limites e possibilidades

Pais e filhos: entre limites e possibilidades
por Etiene Macedo

Uma queixa comum entre os adolescentes é a de que os pais parecem não acreditar no que eles dizem.

E uma das perguntas recorrentes entre os pais é o quanto podem confiar no que os adolescentes dizem e fazem.

Essa dupla descrédito-desconfiança são a armadilha perfeita para o que tanto tememos: colocar em risco a relação com os adolescentes.

Por mais que a ilusão do controle traga um certo alívio quando eles ainda ao crianças, durante a adolescência, o desconforto de lidar com o fato de que não podemos controlar o outro reaparece.

Já que não podemos controlar as escolhas que nossos filhos farão, se eles levarão nossa cartilha debaixo do braço para onde forem, melhor cuidar do que realmente permanece: o amor.

Em amor, os limites são apresentados sem aniquilamento do outro, ou seja, é permitido ao adolescente se expressar quando não se sente bem também.

No amor, não precisamos vigilância e controle. Estamos disponíveis para entender que o adolescente está tentando se encontrar no mundo e alguns arranhões serão inevitáveis.

O que passa disso, é ansiedade, medo, pânico, incompreensão de si e do outro.

Educar filhos é difícil. Em qualquer idade. Os filhos adolescentes, tanto quanto as crianças, demandam tempo, escuta e carinho. Mas, de uma forma diferente. E as melhores pessoas para lhe dizer como fazer isso são eles mesmos.

Beijos,

Etiene e Flávia

Imagem: @chadknight on Instagram

PS.! Meu garoto chegou são e salvo da balada. Não precisou dizer nada, mas deixou claro, que se sentiu grato por permitirmos esse momento.

Etiene Macedo Psicóloga com mestrado e doutorado em Psicologia Clínica (UnB). Especialista em Terapia de Casais e Famílias (PUCGO). Professora universitária. Sócia e colunista do Plin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *