Plin - Psicologia Infantojuvenil. Site especializado em conteúdo psicológico para crianças e adolescentes

Precisamos prevenir o bullying

Precisamos prevenir o bullying
por Flávia Lacerda

Bullying é coisa séria!

Muitas vezes visto como uma mera brincadeira, o bullying pode gerar sérias alterações em diferentes âmbitos da vida do seu filho, tais como cognitivo, social e emocional.

Essa palavra estranha, importada dos países anglo-saxões, nada mais é do que qualquer ato de violência física ou psicológica, que ocorra de forma repetitiva e que tem a intenção de gerar sofrimento ao outro.

Um estudo realizado na Universidade de Illinois demonstrou que crianças que sofrem bullying apresentam  maior vulnerabilidade ao desenvolvimento de quadros de estresse ao longo da infância e também na adolescência. Além disso, apresentam maiores dificuldades no desenvolvimento de habilidades importantes de enfrentamento para as diferentes adversidades da vida.

Por esse motivo, precisamos desenvolver estratégias de prevenção à violência em suas múltiplas formas. A educação das nossas crianças e jovens deve ser pautada em uma cultura de paz, ou seja, as nossas ações devem ser sempre no sentido de promover e o respeito a vida e a dignidade de todas as pessoas.

♥ Podemos começar pela escuta atenta e cuidadosa. A partir do momento que observamos mais e avaliamos menos, conseguimos nos conectar com o outro com uma maior facilidade. Sabemos que classificar e julgar as pessoas estimula a violência, mas por outro lado, ouvir atentamente, sem julgamentos, estimula a empatia.

♥ Legitime, escute, e aceite os sentimentos do seu filho. Você pode não concordar com as ações dele, mas o sentimento experenciado é genuíno. Ele pode te contar o quão ficou com raiva quando seu irmão gritou com ele, mas não tem permissão em expressar sua raiva batendo nele.

♥ Mostre ao seu filho que ele pode sim expressar suas convicções e defender seus direitos, sem agredir e sem se submeter à vontade de outras pessoas, mas que deve também tentar sempre respeitar os direitos, pensamentos e sentimentos do outro.

♥ Tenha um contato próximo com a escola do seu filho! A parceria entre a escola e a família é extremamente importante para que as práticas de tolerância, respeito e abertura para compartilhar sentimentos ultrapassem os muros da escola e toque o maior número de pessoas.

 

Um abraço carinhoso,

Flávia

_____________________________________________________________________

Referências

Troop-Gordon, W., Sugimura. N. & Rudolph, K. D. (2016). Responses to interpersonal stress: normative changes across childhood and the impact of peer victimization. Child Development, 1-18.

Rosenberg, Marshall B. Comunicação Não-Violenta. 3. ed. São Paulo: Ágora, 2003.

Flávia Lacerda Psicóloga. Mestre em Psicologia (UnB). Facilitadora do Programa Friends for Life - Pathways Health and Research Center. Pós-graduanda Terapia de Casais e Famílias (PUCGO). Sócia e colunista do Plin.

2 comentários para “Precisamos prevenir o bullying”

  1. Angela Carmen disse:

    Olå!!! Que maravilha é isso mesmo, já fui diversas vezes a escola do meu filho…é o lugar onde passa mais tempo durante a semana entao precisamos acompanhar pra termos certeza se está indo tudo bem…..

    1. Etiene Macedo disse:

      Isso! Acompanhar os pequenos é fundamental para que os problemas possam ser evitados.
      Um forte abraço,
      Flávia e Etiene

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *